Melhores Monitores Ultrawide

Os monitores ultrawide tem ganhado destaque e sido a principal escolha principalmente de quem trabalha com multitarefas.

Mas escolher o melhor monitor ultrawide para o trabalho ou lazer pode não ser uma missão tão simples quanto parece.

Por isso, criamos um guia especial para te ajudar a decidir entre os melhores monitores Ultrawide do mercado.

Melhores monitores ultrawide de 2022

LG 34WP550 Monitor Ultrawide LG 34WP550 Melhor monitor ultrawide Ver Preço
Samsung Odyssey G9 Monitor Ultrawide Samsung Odyssey G9 Melhor monitor ultrawide gamer Ver Preço
LG 29WK600 Monitor Ultrawide LG 29WK600 Monitor ultrawide melhor custo-benefício Ver Preço
LG 29WL500 Monitor Ultrawide LG 29WL500 Outra ótima opção pelo preço Ver Preço
LG 29UM69G Monitor Ultrawide LG 29UM69G Monitor ultrawide gamer custo-benefício Ver Preço
LG 25UM58 Monitor Ultrawide LG 25UM58 Monitor ultrawide melhor preço Ver Preço

Qual a diferença entre monitor widescreen e ultrawide?

Se você está em busca de um novo monitor, pode ser que já tenha se deparado com os modelos Widescreen.

Mas você sabe qual a diferença entre o monitor widescreen e o ultrawide?

Os Widescreen são as versões mais fáceis de serem encontradas, e geralmente são os monitores que estão na maioria dos ambientes como escolas e escritórios por exemplo.

Eles apresentam a proporção de 16:9, ou seja, para cada 16 pixels de comprimento, eles possuem 9 pixels na altura.

Já os monitores Ultrawide tem proporção de 21:9 ou mais, ou seja, tem um espaço horizontal bem maior.

Se você acha que não precisa de um monitor ultra wide, confira nossa lista dos melhores monitores do mercado.

Como escolher o melhor monitor Ultrawide?

Monitor tela curva

Durante a sua busca por um monitor Ultrawide, você vai se deparar com dois tipos de monitores: com tela plana e com tela curva.

O monitor com tela plana é mais indicado para o dia a dia e para quem precisa realizar muitas tarefas ao mesmo tempo, já que ela é horizontalmente maior, permitindo uma visão de área mais ampla.

Ela é mais confortável e, por ser menor e menos imersiva, também costuma ser a opção de melhor custo-benefício.

Já a tela curva tem como público-alvo quem passa mais tempo em frente ao computador, seja jogando ou realizando atividades que necessitam de mais atenção a detalhes.

Seu objetivo é trazer maior imersão ao usuário, já que ele abrange todo o campo visual.

Isso faz com que ele seja mais caro, e uma boa alternativa para quem faz uso simultâneo muitas telas.

Caso você opte por esse tipo de tela, é importante se atentar ao grau de curvatura.

Quanto maior for a curva, maior será a sensação de imersão, ou seja, a sensação de estar dentro do que está representado na tela.

O valor do grau de curvatura é representado por um número em conjunto com a letra R, que indica a medida em milímetros do raio.

Quanto menor o grau informado, maior será a curva e a imersão.

Tamanho da tela/Polegadas

As telas Ultrawide naturalmente já possuem um tamanho maior em comparação às tradicionais.

Contudo, existe uma boa gama de tamanhos dentro desta categoria, vemos opções de 29 até 49 polegadas.

Se você pretende utilizar seu monitor para trabalho e funções mais básicas do dia a dia, opções de até 29’’ são mais do que suficientes.

Mas se o seu objetivo é utilizar para tarefas mais elaboradas, ou jogos online, telas maiores, a partir de 29’’ podem suprir melhor sua necessidade.

Resolução

A resolução está diretamente ligada à qualidade da imagem, e quanto maior em pixels ela for, melhor será a reprodução dos elementos visuais.

Atualmente você pode encontrar monitores ultrawide com resolução Full HD, QHD e 4K.

Full HD é a mais comum de encontrar nesse tipo de equipamento, com 2.560 x 1.440 pixels na maioria dos casos.

Geralmente está presente em opções mais acessíveis, o que faz com que seja suficiente para uso diário e jogadores menos exigentes.

Enquanto o QHD é um intermédio entre a Full HD e o 4K, com 2.560 x 1.440 pixels, e é uma excelente escolha para quem é mais exigente e busca uma qualidade superior.

Já o 4K é uma resolução que apresenta 3.840 x 1.600 pixels, que faz dela a melhor aquisição para quem trabalha com design, edição de fotos e outros ramos onde os detalhes não podem passar despercebidos.

Contudo, é claro que uma maior qualidade também faz com que seja necessário investir um pouco mais, então esteja preparado para um aumento de preço de acordo com o aumento da qualidade da tela.

Brilho e contraste

Optar por um monitor com boas opções de brilho e contraste podem te ajudar a ter imagens mais nítidas e de melhor qualidade, mas também tornar o uso menos cansativo aos olhos.

Com essa opção de controle, você pode adaptar o brilho a diferentes horas do dia, de maneira que seus olhos não sejam expostos a muita luz em momentos indevidos, causando desconforto e até dores de cabeça.

Tipo de painel

O modelo de painel tem extrema relação com o ângulo de visão, a qualidade das cores e o contraste.

Além, é claro, do tempo de resposta.

Até o momento, você pode encontrar três tipos de painéis disponíveis: IPS, TN e VA.

Os IPS têm maior fidelidade às cores reais e maior ângulo de visão, o que pode ser uma vantagem para quem trabalha com detalhes.

Contudo, também possuem um tempo maior de resposta, o que pode ser um incômodo para gamers.

Já o TN tem o melhor custo-benefício e tem como seu principal ponto forte um tempo menor de resposta, fazendo dele o mais rápido de todos os três.

Isso faz dele uma boa alternativa para gamers, que precisam de mais velocidade.

E, por fim, o VA, que é um meio termo entre as outras duas tecnologias.

Tempo de resposta

Enquanto utilizamos o computador, estamos fazendo com que a tela se altere a todo instante, seja trocando as abas ou até mesmo inserindo novos caracteres.

O tempo de resposta, nada mais é, do que o tempo que o computador demora para mudar essas imagens.

Talvez quem tenha um uso mais básico não sinta tanto a diferença, mas jogadores profissionais sentem claramente as diferenças entre uma tela e outra.

Atualmente é possível encontrar monitores com tempo de resposta a partir de 1ms, que costuma ser o de opções mais eficazes, feitos para games com constante movimentação e alterações.

Isso porque, nesse caso, existem menos chances de vultos e oscilações na tela durante a troca.

Mas para quem tem um uso mais básico durante o dia a dia, modelos de 4ms suprem a demanda sem muito problema.

Taxas de atualização

A taxa de atualização corresponde a quantidade de telas que o seu monitor consegue projetar por segundo.

Expressa em HZ, para um uso menos exigente, monitores de 60Hz costumam ser suficientes para a maioria das tarefas.

Enquanto para um público gamer, por exemplo, opções a partir de 120Hz são as melhores alternativas, já que tornam a imagem mais fluida, o que é ótimo para movimentações rápidas e trocas de telas sucessivas.

Atualmente é possível encontrar monitores ultrawide com até 240Hz, mas vale lembrar que isso influencia bastante no preço no equipamento.

Conexões disponíveis

Um aspecto muito importante, mas que é comum de ser deixado de lado na hora da escolha é a conectividade do aparelho.

Por isso, sugerimos que você sempre confira as entradas que o monitor possui, para que não exista incompatibilidade entre ele e o seu notebook ou computador.

Os tipos mais comuns de conexão são HDMI, USB e VGA.

Entretanto, é importante lembrar que a conexão VGA já não é mais tão atual, então não está presente em alguns modelos.

Além disso, monitores com taxas de atualização mais altas costumam utilizar entradas do tipo DisplayPort.

Lembre-se de sempre verificar aspectos como esse, que embora pareça simples demais, pode acabar sendo um inconveniente se escolhido errado.

Recursos extras

Separamos uma série de recursos extras que podem tornar o seu monitor ultrawide uma escolha ainda melhor.

Confira a seguir:

  • G-Sync e Freesyn: com foco maior em telas LCD e OLED, diminui a diferença de frequência entre a placa de vídeo e o monitor, que faz com que aconteça problemas de renderização das imagens, em especial em jogos.
  • Flicker-Free: proporciona maior conforto ao evitar a cintilação da tela, que embora não seja tão notável aos olhos, causa desconfortos e até dores de cabeça ao usuário.
  • Blue light shield: tem como objetivo diminuir a luz azul emitida pela tela, que em contato com o olho humano por muito tempo pode causar sérios problemas, diminuindo o cansaço causado nas vistas.

Opções de regulagens

Uma funcionalidade que é comum de ser esquecida, mas que pode tornar o cotidiano de quem passa muitas horas em frente ao computador mais confortável, é a opção de regulagem de altura da tela.

Ou seja, a possibilidade de você escolher e posicioná-la da maneira mais confortável.

Deixar a tela na altura certa dos seus olhos, de forma que você não precise inclinar a cabeça para baixo ou muito para cima, pode diminuir dores na coluna, pescoço e tornar sua rotina muito mais agradável.

Entretanto, é claro que essa funcionalidade acaba afetando no preço final do aparelho, mas vale a pena ser investida.

Qual o melhor monitor ultrawide?

A partir de agora, você confere nossa lista com os melhores monitores ultrawide.

1° - LG 34WP550

LG 34WP550

O LG 34WP550 é nossa indicação de melhor monitor Ultrawide.

Ele reúne características que acreditamos que, juntas, fazem dele uma das melhores escolhas.

Para quem utiliza muito o monitor para multitarefas, o monitor permite que você abra diferentes janelas em uma única tela, sem precisar sair dela para trabalhar em seus arquivos.

Com 34’’, ela tem resolução de 21:9 Full HD (2560 x 1080) e HDR10, que dão uma excelente qualidade de imagem, reproduzindo mais brilho e cores mais vivas em comparação às telas convencionais.

IPS, o monitor tem sRGB (espaço de cores padrão para reprodução ideal das cores) com 95%, que significam cores mais reais e uma visão ampliada.

O modelo também apresenta OnScreen Control, que permite controlar a ordem como você quer que as telas apareçam juntas em até 14 modos diferentes.

Para diminuir os cortes e falhas nas imagens, está presente a tecnologia FreeSync.

Com a Dynamic Action Sync (DAS), o monitor tem um tempo de resposta ainda mais otimizado, proporcionando uma melhor experiência em jogos de ritmo ágil.

Isso mesmo nos casos de jogos com cores mais escuras, que com a Black Stabilizer se tornam mais visíveis.

A base e a tela têm opções de inclinação de -5 até 20º, além de regulagem de altura de 0 até 110 mm.

E sua conexão é HDMI, permitindo a fácil conexão entre dispositivos.

Por outro lado…

Um aspecto que temos a ressaltar é quanto ao seu brilho que é relativamente baixo, 250 cd/m².

E para quem pretende focar em jogos, ele pode não ser a melhor alternativa, já que seu tempo de resposta é de 5ms e a taxa de atualização de apenas 75Hz, mesmo com a DAS.

Além disso, o som não é embutido, trazendo um empecilho para quem não é fã de fones de ouvido.

Prós
  • Ótima qualidade de imagem
  • Tela enorme
  • FreeSync
  • On Screen Control
  • DAS e Black Stabilizer
  • Boa regulagem de inclinação
  • Excelente acabamento
Contras
  • Baixo brilho
  • Sem som embutido
  • Não indicado para jogos competitivos
Samsung Odyssey G9

Para os gamers de plantão, sugerimos como aquisição de melhor monitor ultrawide gamer o Odyssey 69 da Samsung.

Ele é curvo, tem um design belíssimo, e apresenta excelentes características para rodar jogos sem problemas.

A tela curva de 49’’ tem grau de curvatura de 1000R, fazendo com que se ajuste ao campo de visão, deixando o usuário em imersão.

Ainda nesse aspecto, ela tem entrada no formato HDMI.

Outro diferencial que destaca bastante o modelo é que ele apresenta telas mais próximas da realidade, tanto no destaque de sombras e cores claras quanto no brilho e contraste.

Isso acontece devido as tecnologias HDR1000 e HD10+.

Ele conta com brilho mínimo de 300 cd/m², com máximo de 1000 cd/m².

Para extinguir o lag, o G9 conta com taxa de atualização de 240Hz, onde as ações são contínuas e suaves.

Isso se intensifica devido ao tempo de resposta de 1ms que traz mais precisão e menos desfoque.

Também é compatível com o G-Sync, que é um adicional ao serviço oferecido pelo AMD FreeSync Premium Pro.

A proporção 32:9 do painel VA, com cobertura de 125% do sRGB, permite que você exiba diversas janelas na mesma tela, sem precisar abrir novas abas para cada trabalho.

E por último, mas não menos importante, você pode facilmente encontrar a posição perfeita para a tela devido às opções de inclinação e rotação.

Como ponto negativo…

Temos o preço do aparelho, que custa de R$9.000 a R$10.000, um preço que consideramos excessivamente alto.

Prós
  • Tela gigante
  • Tela curva
  • Tecnologias DHR1000 e DHR10+
  • Alta resolução
  • Alto brilho
  • Alta taxa de atualização
  • Baixo tempo de resposta
  • Excelente acabamento
Contras
  • Preço alto

3° - LG 29WK600

LG 29WK600

Na terceira posição, temos nossa recomendação de monitor ultrawide de melhor custo-benefício.

O 29WK600 tem resolução de 21:9 Full HD (2560×1080) e tem um preço muito atrativo em comparação aos concorrentes.

Com suas 29’’, você consegue adicionar mais de uma aba na mesma tela, podendo realizar diversas funções sem precisar ficar trocando a todo instante.

Assim como outros modelos da marca, ele apresenta On Screen Control, que permite que você escolha a forma como deseja organizar as abas na sua tela.

A imagem possui HDR10, que traz mais brilho e cores mais vivas em maior quantidade do que os monitores convencionais.

O monitor IPS reproduz 99% de cobertura de cores sRGB, deixando a visualização mais ampliada e as cores mais reais.

Sua base é curvada, trazendo mais estabilidade e podendo também ser ajustada em aspectos como a inclinação.

E para deixar ainda melhor, o 29WK600 tem MAXXAUDIO, com 2 alto-falantes de 5w.

Você também pode personalizar jogos em FPS e RTS com a função Game Mode, ajustando as configurações para deixar o jogo como você preferir.

O brilho da tela atinge brilho de até 300 cd/m², e suas entradas e saídas são HDMI.

Porém…

Como nada é perfeito, damos destaque à taxa de atualização de 75 Hz, que faz com que ele não seja o mais recomendado para jogos.

Isso também tem relação com seu tempo de resposta, que é de 5ms.

Com isso, o LG 29WK600 é um excelente monitor custo-benefício, não sendo somente recomendado para gamers que exigem mais em suas performances.

Prós
  • Custo-benefício
  • HDR10
  • On Screen Control
  • 2 alto falantes
  • Bom nível de brilho
Contras
  • Não indicado para games competitivos

4° - LG 29WL500

LG 29WL500

A LG também traz outra ótima opção de monitor pelo preço.

O LG29WL500 de 29’’ tem resolução Full HD de 21:9 (2560X1080).

Sua cor e luminosidade são melhoradas devido ao HDR10, que tem maior alcance.

O monitor IPS tem 99% de cobertura do espectro de cores sRGB, deixando suas cores mais precisas.

Devido ao seu tamanho maior, ele permite que, assim como os demais monitores da marca, você possa exibir mais de uma página na mesma tela.

O sistema On Screen Control dá a liberdade de você controlar as posições e como quer distribuir as telas a serem divididas.

Para jogos mais exigentes, o modelo conta com a tecnologia FreeSync, para que diminuam as chances de falhas durante imagens rápidas.

Também há o Modo de Jogo, que conta com 3 submodos: FPS, RTS e personalizado.

O design não foge do padrão que a LG tem investido, com curvas que dão maior estabilidade ao monitor maior e possibilitam o ajuste de inclinação.

Mas como o esperado…

Ele tem um volume máximo de brilho mais baixo, de apenas 250 cd/m².

Além disso, não há informações sobre sua taxa de atualização e tempo de resposta.

Prós
  • Custo-benefício
  • HDR10
  • On Screen Control
  • FreeSync
Contras
  • Nível de brilho relativamente baixo

5° - LG 29UM69G

LG 29UM69G

Claro que não poderíamos decepcionar os gamers, por isso trouxemos o monitor ultrawide gamer custo-benefício.

O LG 29UM69G tem 29’’ e resolução 21:9 Full HD com Tela IPS.

Seu tempo de resposta é de 1ms, o que é perfeito para jogos de ação e que tem uma rápida movimentação.

Ele também conta com a tecnologia FreeSync, que elimina possíveis falhas de imagem, deixando-a fluida.

Junto da Dynamic Action Sync, o jogo acompanha diretamente os comandos recebidos.

E se você gosta de jogos com cenas escuras, o Black Stabilizer vai te ajudar a ter uma visão privilegiada mesmo em momentos assim.

O Game Mode possui os modos FPS, RTS e modos personalizados, onde você consegue ajustar as configurações para que elas se adaptem a cada tipo de jogo.

E com entrada e saída HDMI, você consegue adaptar facilmente a sua tela a qualquer computador.

Mas é perfeito?

O brilho da tela é de 250 cd/m², o que consideramos um valor relativamente baixo.

Além disso, a taxa de atualização é de apenas 75 Hz, que pode ser pouco dependendo do jogo.

Prós
  • Tempo de resposta de 1ms
  • FreeSync
  • DAS
  • Game Mode
Contras
  • Nível de brilho relativamente baixo
  • Taxa de atualização poderia ser 144hz (é 75Hz)

6° - LG 25UM58

O LG 25UM58 é um dos monitores de melhor preço.

Por isso, ele é um dos mais vendidos do Brasil atualmente, já que tem um preço extremamente competitivo dentro da sua categoria.

Ele tem 25’’ e resolução Full HD de 21:9 com tela IPS.

Tem sRGB superior a 99%, que proporcionam cores mais precisas, ideal para quem trabalha no ramo.

O modelo conta com o controle On-Screen, onde você pode ajustar diversas configurações, como volume e brilho, com um clique, deixando o processo bem mais rápido.

E com o Screen Split 2.0 você pode personalizar o layout da sua tela para deixar abas e janelas da forma mais confortável para serem exibidas ao mesmo tempo.

Você pode ajustar as telas por meio de duas entradas e saídas HDMI 2.0.

Com o Modo de Jogo, há 2 modos de tiro em primeira pessoa e 1 modo predefinido de estratégia em tempo real.

As tecnologias Black Estabilizer e DAS também, estão presentes para deixar seus jogos mais fluidos e as cores ajustadas.

Porém…

Assim como boa parte dos monitores custo-benefício, ele apresenta um brilho relativamente baixo, de apenas 250 cd/m².

E seu tempo de resposta é de 5ms o que, dependendo do jogo, pode causar certo delay.

Isso é esperado, até mesmo pelo preço do aparelho, por isso no nosso ponto de vista ele segue sendo uma ótima alternativa.

Prós
  • Custo-benefício
  • On Screen
  • Screen Split 2.0
  • Duas entradas
Contras
  • Brilho relativamente baixo

Quer uma recomendação personalizada? Peça em um comentário

Seu email não será publicado.