Melhores Cortadores de Grama

Manter a grama bem cortada é o sonho de qualquer um que tenha um pátio ou sítio, mas isso não significa que seja fácil ou até mesmo econômico.

Os cortadores de grama podem ser seus melhores aliados na hora de acabar de vez com os gastos com o jardineiro, facilitar seu trabalho e ainda economizar tempo.

Porém, aí surge a dúvida: mas como escolher o modelo certo?

Acompanhe nosso guia de melhores cortadores de grama e descubra já!

Melhores cortadores de grama de 2022

Husqvarna LC151S Cortador de Grama Husqvarna LC151S Melhor cortador de grama a gasolina Ver Preço
Tramontina CE45M Cortador de Grama Tramontina CE45M Melhor cortador de grama elétrico Ver Preço
Toyama TLM420RM-38 Cortador de Grama Toyama TLM420RM-38 A gasolina custo-benefício Ver Preço
Tramontina CE35P Cortador de Grama Tramontina CE35P Elétrico custo-benefício Ver Preço
Trapp Master 2001 Cortador de Grama Trapp Master 2001 Cortador de grama manual Ver Preço
Husqvarna Automower 550 Cortador de Grama Husqvarna Automower 550 Melhor cortador de grama robô Ver Preço

Como escolher o melhor cortador de grama?

Tipo

A primeira coisa que você precisa saber sobre os cortadores de grama é que eles podem ser de quatro tipos: manual, elétrico, à bateria ou à gasolina.

Manual: como o próprio nome já diz, o cortador manual é aquele onde todo o esforço de direcionar o equipamento é feito pelas mãos do usuário.

É o tipo mais barato, principalmente pelo fato de não consumir energia.

Porém, justamente por ser manual, também é mais indicado para espaços menores, gramados de pequena área.

Elétrico: o modelo elétrico é o mais utilizado em residências e gramas planas, como campos de futebol.

Para que seu funcionamento ocorra, é importante que tenha uma tomada disponível.

Ele também necessita de certo esforço humano, que o direcione para onde deve cortar, mas é muito menos cansativo e mais prático que o manual.

Também é recomendado para espaços menores, já que o uso excessivo pode acarretar superaquecimento e/ou desligamento.

Bateria: o cortador a bateria é um dos mais práticos de ser utilizado, já que dispensa o uso de tomadas e não possui fio.

Não existe uma recomendação exata para esse tipo de aparelho, já que isso depende da autonomia de bateria, que pode variar de acordo com cada produto.

Dependendo do modelo, ele pode ser um dos mais fáceis de utilizar em jardins com muitos acessórios, por ter diferentes níveis de inclinação.

Gasolina: os cortadores a gasolina são os mais indicados para ambientes maiores, ou então áreas irregulares.

Além disso, também costumam ser os mais potentes.

Possuem preço um pouco mais elevado que os modelos elétricos, mas tendem a compensar na facilidade e diminuição do gasto de luz, embora gaste gasolina.

A quantidade de gasolina necessária para o funcionamento pode variar muito, então esteja atento a isso antes da compra, para que não haja problemas.

Potência

A potência é muito ligada ao tamanho da área e tipo de uso que você costuma ter.

Caso você decida por um cortador elétrico, é muito importante que você esteja atento a potência do aparelho.

Além de direcionar a uma média de consumo, ele também é um indicador de utilidade.

Isso porque, dependendo da grama e da frequência com que você costuma cortá-la, pode ser que você necessite de um cortador mais forte, pois uma potência muito baixa não dará conta de proporcionar um resultado satisfatório.

Quanto maior for o espaço de grama a ser cortado, o mais indicado é que maior seja a potência do aparelho.

Modelos elétricos tendem a girar em torno de 1000w a 2500w, então o ideal é que você não baixe disso.

Mas lembre-se: quanto maior a potência, maior o consumo.

Já os cortadores a bateria, tem sua potência definida pela tensão, também apresentada como V.

Geralmente, os valores dessa versão variam de 18V até 40V.

Mas é importante ressaltar que, nesse caso, ele é mais recomendado para ambientes menores, já que a bateria acaba após determinado tempo de uso, o que pode ser um problema dependendo da autonomia.

E os cortadores a gasolina, por sua vez, possuem potência medida em cavalos, também conhecidos como CV ou HP.

Boa parte dos modelos tendem a girar entre 2,5 HP e 6,5 HP, por isso indicamos que você não baixe desse valor e que, se for cortar a grama de um ambiente muito grande, fique o mais próximo de 6,5 possível.

Voltagem

Por mais óbvio que pareça, às vezes estamos tão preocupados com questões técnicas que esquecemos das características mais simples.

Exclusivamente no caso dos modelos elétricos, é importante que você verifique se o seu escolhido se adequa à potência da sua região.

Os cortadores à bateria geralmente são bivolt, então dispensam essa preocupação, mas sempre vale à pena dar uma conferida.

Dimensão e peso

Independente do modelo escolhido, todos eles em algum momento precisarão do apoio manual.

Por essa razão, é importante que na hora de escolher você deixe um pouco de lado a potência e a capacidade do aparelho, e pense também em quem irá realizar a tarefa.

A dimensão e o peso do cortador afetam diretamente na ergonomia do produto, e isso pode ser prejudicial a quem corta.

Busque um modelo que você consiga mover e que seja confortável de movimentar.

Os pesos podem variar de 6 até mais de 30 kg, por isso é importante estar atento.

Altura de corte

A altura de corte é algo que varia muito, principalmente por ser relacionado com o gosto de cada um, e nada mais é do que a altura que a grama irá ficar.

Há quem prefira uma grama mais rente ao solo, outras um pouco maiores.

Se você ainda não sabe como prefere, pode ser interessante adquirir um cortador com uma boa quantia de opções.

Geralmente as alturas de corte possuem em torno de seis opções, que variam de 20 mm até 70 mm, sendo 20 o rente ao solo e 70 o corte muito alto.

Faixa de corte

A faixa de corte é o espaço que as lâminas atingem de uma única vez.

Ou seja, quão largo ela corta em uma passada.

Quanto maior for a faixa de corte, menos tempo você irá perder, já que cortará mais grama de uma só vez.

A faixa de corte pode variar muito de modelo a modelo, do tipo de cortador.

Lembre-se de, durante sua procura, buscar pela maior faixa possível, mas sempre lembrando do tipo de gramado onde o cortador será usado.

Acessórios/Funções extras

Não é de hoje que fazemos questão de falar sobre a importância de acessórios e funções extras na hora da escolha, e com os cortadores de grama não poderia ser diferente.

Confira a seguir as principais dicas que destacamos para tornar seu momento ainda mais prático.

Comprimento do fio elétrico: se você está direcionado a escolher um cortador elétrico, lembre-se de se atentar ao comprimento do fio elétrico.

Afinal, não queremos que seu trabalho seja dificultado por algo tão simples.

Verifique antes se o comprimento do fio disponível condiz com o do ambiente onde você irá utilizar o equipamento, assim você poderá evitar surpresas nada positivas.

Reservatório: uma boa parte dos modelos acompanha um reservatório acoplado na parte traseira do cortador.

Com ele, você não precisa se preocupar em recolher a grama que for cortada, deixando seu pátio limpo ao mesmo tempo que corta.

Na hora de escolher, opte por opções que tenham esse acessório, o que deixa tudo ainda mais prático.

Trava de segurança: na nossa visão, o acessório mais importante.

A trava de segurança pode servir em diversos momentos, como para esvaziar o reservatório sem precisar desligar o cortador, ou então para evitar acionamentos acidentais.

Antes de escolher de vez o seu modelo de cortador, dê muita importância a essa funcionalidade.

Melhor cortador de grama elétrico

O melhor cortador de grama elétrico pode variar de acordo com o seu uso e o ambiente onde ele será usado.

Por exemplo, para alguém com um espaço menor, pode ser que X cortador seja o melhor, mas esse mesmo modelo não servirá para alguém com um espaço maior, já que pode demorar muito tempo para cortar toda a grama da área.

Por isso, não vamos nos limitar a um modelo em específico e sim te ensinar a buscar o seu melhor cortador de grama elétrico.

O primeiro passo é saber o tamanho da grama que você pretende cortar, para que você consiga buscar um modelo de cortador que se adeque a ele.

Depois disso, você pode usar essa medida para se guiar quanto ao comprimento do fio elétrico.

Quanto maior for o seu jardim, maior deve ser o comprimento do fio.

Isso também servirá para te ajudar a encontrar a melhor faixa de corte.

O indicado é que esse modelo não seja usado em espaços muito grandes, já que isso pode acarretar superaquecimento e acabar desligando o aparelho.

Também ligado ao tamanho do jardim, está a potência.

Quanto maior for o espaço, teoricamente maior deve ser a potência, o que em tese trará um resultado mais satisfatório.

Os modelos podem ter potências muito distintas, com mais de 1000w de diferença, então siga essas dicas e conseguirá encontrar a mais adequada.

Não se esqueça de, antes da compra, buscar testar o equipamento, saber se ele possui um tamanho e peso suportáveis para que você possa usá-lo.

E por último, mas não menos importante, dê atenção a acessórios e funcionalidades extras, como a trava de segurança e reservatório de grama.

Melhor cortador de grama a gasolina

Assim como acontece com os elétricos, é difícil definir o melhor cortador de grama a gasolina de uma forma geral.

Por isso, vamos realizar uma síntese dos critérios mais importantes na hora de você escolher esse tipo de equipamento.

A partida inicial é verificar o espaço onde o aparelho será usado, assim você conseguirá ter em mente o que irá precisar para atender a ele.

Quanto maior for o jardim, o ideal é que maior seja a potência.

Geralmente ela alterna de 3,5 a 6,5 HP, então se for uma área grande, esteja mais perto de 6,5 HP.

Os modelos a gasolina são mais práticos, já que não possuem fios nem precisam ser conectados à tomada.

Mas, ainda assim, verifique o tamanho e peso dele, para ter certeza de que a pessoa que irá manuseá-lo conseguirá fazer uso sem se machucar ou com muito esforço.

Por ser indicado para áreas maiores, escolher um cortador com uma faixa de corte grande pode economizar muito tempo.

Outro quesito muito importante e que não pode ser deixado de lado é o reservatório de combustível.

Embora essa versão não utilize energia elétrica, utiliza gasolina, que pode gastar tanto ou até mais.

E, por fim, dê uma atenção extra a acessórios e funções como a trava de segurança e o reservatório de folhas, que podem diminuir ainda mais o seu trabalho.

Qual o melhor cortador de grama?

Conheça agora os modelos recomendados por nossa equipe como as melhores opções de compra do segmento.

Husqvarna LC151S

Para começar nossa lista com chave de ouro, temos o LC151S da Husqvarna como o melhor cortador de grama a gasolina.

A marca é uma das mais antigas no segmento, e traz muita qualidade em sua história.

O modelo tem potência nominal de 3,6 HP e capacidade para trabalhar em até 1.000 m².

Com o tanque de combustível vazio, seu peso fica em torno de 32,6 kg.

Esse valor não é necessariamente baixo, mas também não chega a atrapalhar o uso.

O guidão do cortador é ergonômico e dobrável, o que acaba auxiliando no armazenamento também.

Além disso, próximo dele também está a alavanca de ativação do aparelho.

Uma característica que dá diferencial ao cortador é que existe opção de regulagem do guidão, onde você pode optar entre duas alturas diferentes através da alça, então ele se adapta a pessoas mais baixas até as mais altas facilmente.

A faixa de corte é de 51 cm, o maior espaço dentre os nossos selecionados.

Já a altura de corte conta com 7 opções, sendo a mínima de 25 mm e a máxima de 75 mm.

O modelo acompanha a tecnologia Bioclip onde a grama, após ser cortada, é cortada novamente em um tamanho ainda menor, onde pode se decompor e voltar ao solo como fertilizante.

Entretanto, vale ressaltar que o acessório para essa função é vendido separadamente, não acompanhando o produto.

Além de um reservatório que recolhe a sujeira, o LC151S tem um bloqueador de pó, que impede que a grama recém cortada se vire contra quem está cortando.

Assim que ela é cortada, ela vai diretamente para o coletor, que tem capacidade de 65 litros, permitindo que você corte uma boa quantia antes de precisar esvaziar.

O modelo é extremamente completo e de ótima construção, tendo como seu aspecto negativo apenas seu preço, que até o momento da publicação deste artigo estava em torno de R$2.800.

Prós
  • Motor muito forte
  • Bom para terrenos grandes
  • Grande faixa de corte
  • Variedade de alturas de corte
  • Reservatório de 65 litros
  • Construção muito robusta
Contras
  • Preço alto
Tramontina CE45M

A Tramontina não poderia ficar de fora da nossa lista, e por isso ela conquista nossa 2ª posição com o CE45M como o melhor cortador de grama elétrico.

Seu motor tem 2500w de potência, e área de corte indicada de 2.500 m², a maior entre os nossos selecionados elétricos.

Ele pesa cerca de 24,93 kg, o que consideramos leve para mover em torno do jardim.

Seu guidão é ergonômico, tendo a posição ideal para um uso não complicado e sem causar incômodos.

O diâmetro, ou simplesmente faixa de corte do aparelho é de 240 mm, totalizando 24 cm, o que é uma área grande para esse tipo de cortador.

Como altura de corte, você pode escolher entre 4 opções: 28 mm, 42 mm, 55 mm e 68 mm.

A saída da grama acontece pela lateral, e somada ao fato de a lâmina ficar acima do chassi, isso não permite que a grama recém cortada volte ao operador ou quem estiver próximo.

O que consideramos uma excelente característica, já que evita tanto sujar quem está cortando quanto até mesmo machucar.

Concluímos que o CE45M da Tramontina é um equipamento completo, que permite que você deixe sua grama cortada sem nenhum problema e com mais facilidade.

Seu preço fica em torno de R$1.000 até o momento desta publicação, para quem pode investir, é um gasto sem arrependimentos.

Prós
  • Potente
  • Boa área de corte
  • Alta faixa de corte
  • Diversidade de alturas de corte
  • Muito durável
Contras
  • Sem coletor
  • Preço mais elevado
Toyama TLM420RM-38

O TLM420RM-38 da Toyama, na nossa opinião, merece o lugar de melhor cortador a gasolina custo-benefício.

Ele é equipado com o motor de 3,5 HP de potência e tem indicação para uso em áreas de até 600 m².

Seu peso fica em torno de 22,5 kg, isso com o tanque de combustível vazio.

Seguindo o padrão dos demais cortadores, ele possui guidão ergonômico, para tornar o uso mais cômodo.

E próximo ao guidão, está a alavanca que dá início ao corte, também para facilitar a ativação.

A faixa de corte é de 42 cm, uma largura que permite que você corte um grande espaço de uma só vez.

Já a altura de corte conta com 5 opções, uma boa gama, que permite você adaptar facilmente ao seu gosto.

Seja ele uma grama mais rente ao solo, mais alta.

A capacidade do tanque de gasolina é de 600 ml, o que pode parecer pequeno numericamente, mas é mais que suficiente para terrenos urbanos.

Quando a grama é cortada, ela sai pela saída traseira, sendo depositada diretamente no recolhedor, não entrando em contato com quem a está cortando.

O recolhedor tem capacidade de 40 litros, o que consideramos uma boa capacidade para que você não precise ficar esvaziando-o a cada poucos metros.

A qualidade de acabamento do TLM420RM-38 aparenta ser boa, de qualidade, o que pode ser justificado pelo seu preço, em torno de R$1.400.

Embora inicialmente possa parecer um valor alto, é um ótimo custo-benefício em comparação a outros modelos movidos a gasolina.

Prós
  • Motor forte
  • Boa faixa de corte
  • Variedade de altura de corte
  • Recolhedor com boa capacidade
  • Bom custo-benefício
Contras
  • Rodas pequenas
Tramontina CE35P

A Tramontina surge novamente no nosso ranking com o título de melhor cortador elétrico custo-benefício.

Sua potência é de 1300w, com indicação de uso é de área de corte de 1.300 m².

Consideramos essa uma boa metragem para um produto de residencial, até mesmo um terreno médio.

A faixa de corte é de 35 cm, permitindo um bom alcance de uma única vez.

Para impedir que o cabo elétrico se desconecte do plug enquanto você corta a grama, ele conta com fixa-cabo, o que trará mais facilidade, já que evita que ele se solte quando ir a distâncias maiores.

Ele também possui 3 opções de altura de corte: 23 mm, 38 mm e 53 mm, o que consideramos uma boa quantia, adaptável a diferentes gostos.

Uma das suas vantagens é o fato de acompanhar cesto coletor, o qual possui capacidade de 18 litros.

Não é a capacidade mais alta dentre os reservatórios, mas achamos suficientes para o seu propósito.

O CE35P tem um excelente custo-benefício, possui coletor, além da qualidade conhecida pela marca.

Podendo ser encontrado por até R$500, consideramos ele uma excelente escolha para quem busca um cortador elétrico de qualidade investindo menos de R$1000.

Prós
  • Boa potência
  • Boa área de corte
  • 3 opções de altura
  • Cesto coletor
  • Excelente custo-benefício
Contras
  • Construção relativamente frágil
Trapp Master 2001

E para quem prefere o tradicional, selecionamos o Trapp Master 2001 como o melhor cortador de grama manual.

Indicado para cortar grama em pequenas e médias áreas, ele é prático e cumpre muito bem seu papel.

O cabo do modelo é simples, dobrável, o que facilita seu armazenamento.

Ele conta com faixa de corte de 38 cm, pegando uma boa área de uma única vez.

Já sua altura de corte pode ser manualmente regulada em três variações, de 1,2 cm a 3,2 cm.

Um dos maiores benefícios do modelo é que, além de ser econômico, ele pesa apenas 8,6 kg.

Ou seja, torna o processo de cortar grama bem menos exaustivo, já que não é necessário depositar muita força para movê-lo.

O Trap Master 2001 é simples, sem muitos acessórios, totalmente manual e muito eficiente.

Em comparação aos modelos disponíveis no mercado atualmente, não podemos dizer que ele é exatamente barato, já que pode ser encontrado por valores em torno de R$500 até o momento desta publicação, o que permitiria adquirir até mesmo uma versão elétrica.

Entretanto, para quem quer o gasto único de adquirir um cortador sem ter demais gastos como de energia ou gasolina, ele é o investimento certo.

Prós
  • Prático e funcional
  • Boa faixa de corte
  • Leve
  • Não consome luz nem combustível
Contras
  • Preço relativamente alto
  • Sem coletor
Husqvarna Automower 550

Não poderia ser outro, se não o Husqvarna Automower 550 como o melhor cortador de grama robô.

Ele é movido a bateria, mais especificamente duas, que dão a ele capacidade para cortar um gramado de até 5.000 m², o que é um terreno muito grande.

As duas baterias dão ao 550, autonomia de aproximadamente 4h30 de funcionamento com 1 hora de carga.

A capacidade de área por hora é de 208 m², então com 4h30 de uso, você consegue cortar aproximadamente um pouco mais de 832 m².

O modelo também permite que seja cortado um ambiente com passagens estreitas, obstáculos, terrenos difíceis e declives de até 45%.

E não se preocupe, as chances de ele bater em algo e estragar são mínimas, já que existe um sensor ultrassônico que detecta colisões, reduzindo a velocidade do aparelho antes da batida.

O design do Automower 550 é robusto, tendo como dois principais controles um botão para ligar e outro para desligar.

Outro meio de controle é através do Bluetooth, que permite que você mande comandos através do seu tablet, smartphone.

Entretanto, vale ressaltar que para que o aparelho tenha essa função, é necessária a instalação de um SIM-card.

Essa função permite que você programe um horário para o aparelho voltar para seu ponto inicial, por exemplo.

Ele também conta com o modo esportivo, que otimiza o seu uso para campos de futebol e maior velocidade de rotação.

Além disso, ele também possui proteção contra roubo por GPS, o que é extremamente válido, considerando seu preço extremamente alto.

O Automower 550 é um cortador de grama completo, e sem dúvidas uma ótima aquisição para profissionais que querem otimizar seu tempo.

Claro que ele também pode ser adquirido por não profissionais, mas para uso diário não achamos que ele seja exatamente a melhor alternativa, considerando seu custo em torno de R$7.000, o que é um valor extremamente alto para usos esporádicos.

Prós
  • Capaz de cortar áreas muito grandes
  • Excelente autonomia
  • Diversas funções
  • Pode ser controlado através do Bluetooth
  • Alta qualidade de acabamento
Contras
  • Preço extremamente elevado

Quer uma recomendação personalizada? Peça em um comentário

Seu email não será publicado.