Melhores Chapinhas

Procurando qual a melhor chapinha para deixar seu cabelo impecavelmente liso e brilhante?

Preparamos um guia completo para facilitar sua escolha, com modelos para uso profissional e doméstico.

Também conhecida como prancha de cabelo, a chapinha permite deixar os fios lisinhos e sem frizz, como recém-saídos do salão (basta aprender a usar da forma correta, claro).

Comprar uma chapinha de qualidade é um excelente investimento, que proporciona grande economia de tempo e dinheiro para quem não abre mão de andar sempre com o cabelo bem arrumado.

E, falando em cuidados com os cabelos, não deixe de dar uma olhada em nosso artigo sobre os melhores secadores.

Melhores Chapinhas de Cabelo de 2018

Nesse artigo você confere todos os itens que deve considerar ao escolher uma prancha, além de uma seleção comentada com os melhores modelos do mercado, para diferentes necessidades e orçamentos.

Se preferir, veja logo a lista das vencedoras e suas principais características:

1º - Babyliss Nano Titanium Melhor chapinha
2º - Gama Italy Eleganza Funcional e bom preço
3º - Taiff Cerâmica Para cabelos finos e frágeis
4º - Taiff Super Mini Melhor chapinhas portátil
5º - Taiff Vulcan Maior temperatura do mercado

Como escolher uma chapinha?

O primeiro aspecto a ser considerado ao escolher uma chapinha é o tipo de cabelo no qual ela será utilizada.

Quem já tem o cabelo liso (natural ou com química), curto ou usa a prancha só para alisar a franja não precisa de um equipamento tão “potente” quanto uma pessoa de cabelo volumoso com fios grossos.

Itens que precisam ser observados

Temperatura

Para alisar o cabelo somente com o calor, é aconselhável usar a prancha a uma temperatura de, no máximo, 200 graus Celsius.

Já para fazer escova progressiva, alisamento definitivo e selagem, a temperatura precisa ser mais alta.

E quem tem cabelos muito finos ou sensibilizados não deve usar a chapinha acima de 180 º C.

Por isso, ao comprar uma prancha é fundamental optar por um modelo que ofereça temperaturas compatíveis com o tipo de uso desejado.

Aqui cabe um esclarecimento: nenhuma chapinha atinge 450 graus Celsius. O que ocorre é que alguns modelos apresentam a temperatura máxima em outra unidade, Fahrenheit (Fº).

450 graus Fahrenheit equivalem a aproximadamente 232 graus Celsius.

Chapinhas que permitem selecionar a temperatura e mostram o nível de aquecimento oferecem maior precisão e segurança.

Tendo em vista essas observações, podemos dizer que os modelos que oferecem várias opções de temperatura são mais versáteis.

Material das placas (patins)

As placas, também chamadas de patins, são as partes da prancha que entram em contato direto com o cabelo.

As placas das chapinhas mais antigas eram feitas somente de alumínio, o que contribuiu muito para a má fama do acessório, afinal, era como usar um ferro de passar roupa nos cabelos!

Nos modelos mais modernos, as placas são revestidas de cerâmica ou feitas de titânio, materiais que garantem um excelente deslizamento sobre o cabelo e distribuem o calor por igual, evitando danos aos fios.

Pranchas com placas mais largas permitem alisar uma quantidade maior de cabelo por vez (mechas mais grossas), enquanto as de patins mais estreitos são indicadas para detalhes, como franja e aqueles cabelinhos novos chatos que nascem no alto da testa.

Tecnologias

As tecnologias se referem aos recursos de tratamentos que uma chapinha oferece. Uma das mais utilizadas é a emissão de íons negativos, que ajudam a selar as cutículas dos fios, aumentando o brilho e o nível de hidratação do cabelo.

Critérios de seleção

Para elaborar nosso ranking levamos em consideração principalmente as avaliações dos consumidores e itens como temperatura, recursos, material das placas e tecnologias, assim como a relação custo-benefício de cada modelo.

Lembramos que, o fato de um produto estar em nosso guia não significa que não existam reclamações a seu respeito.

Entretanto, sempre avaliamos a relevância das queixas e a qualidade do atendimento ao consumidor prestado por cada empresa, para garantir uma classificação justa e oferecer informações de qualidade aos nossos leitores.

1º – Babyliss Nano Titanium By Roger Original

Babyliss Nano Titanium

A Babyliss Nano Titanium Original é uma prancha indicada para uso profissional e doméstico que pode ser usada em todos os tipos de cabelo.

É excelente para fazer escova progressiva e outros procedimentos que exigem altas temperaturas, mas também funciona muito bem para alisar e modelar os cabelos apenas com o calor.

Tem controle de temperaturas, que vão de 150 até 230º C. O display digital permite saber exatamente a quantos graus a prancha está e a temperatura se mantém constante durante o uso.

As placas são de titânio, material muito resistente e que proporciona ótimo deslizamento. A largura de 3,2 cm das placas permite alisar mechas maiores de cada vez, poupando tempo e esforço em cabelos longos e volumosos.

A parte externa da chapinha tem isolamento térmico (tecnologia Ryton) que permite usá-la na temperatura máxima sem queimar as mãos.

Emite íons negativos que ajudam a reduzir o frizz e dão mais brilho ao cabelo.

O cabo mede 2,77 metros e é giratório. Tem ainda uma prática alça para pendurar na parede.

Mesmo estando entre as chapinhas mais caras do mercado, os benefícios e durabilidade que ela oferece compensam cada centavo investido, especialmente para quem faz uso profissional.

Sobre os pontos negativos

Em nossa pesquisa encontramos várias queixas de consumidores sobre o desbotamento da tinta nas laterais da prancha após alguns meses de uso. Mas temos
que ponderar que esse é um problema apenas estético, que não afeta o desempenho do produto.

Também é importante escolher a voltagem certa na hora da compra, pois a Babyliss Nano Titanium não é bivolt.

Importante: essa descrição se aplica à prancha Babyliss original, levando em consideração que há várias imitações no mercado.

Prós

  • Uso profissional e doméstico
  • Ótima para escova progressiva
  • Várias opções de temperatura

Contras

  • A tinta pode desbotar com o uso
  • Não é bivolt

Melhor Preço

2º – Gama Italy Eleganza Infinity One

Gama Italy Eleganza Infinity One

A Gama Italy Eleganza Infinity One é uma chapinha boa e barata para uso doméstico, que serve para alisar diferentes tipos de cabelo e finalizar penteados.

Como as placas são relativamente finas, é preciso pegar mechas menores por vez. Mas essa característica facilita na hora de alisar a franja e fazer cachos.

É bivolt, o fio mede 1,80 m e pesa aproximadamente 273 gramas.

As placas são revestidas de cerâmica, emite íons negativos e tem a parte externa confeccionada em material resistente ao calor (Thermaplus), o que evita o superaquecimento da chapinha quando usada por muito tempo.

A temperatura máxima que a chapa atinge é de 220º C.

Também conta com partículas de prata nas placas que evitam a proliferação de fungos e bactérias (que se alimentam de células mortas do couro cabeludo).

Pontos fracos do modelo

Como não tem controle de temperatura, é preciso tomar cuidado ao utilizá-la em cabelos muito finos ou sensibilizados, já que nesses casos o calor excessivo pode ser prejudicial.

E há reclamações de consumidores sobre a ineficiência do revestimento externo que supostamente isola o calor. Em outras palavras, parece que na verdade ela esquenta por fora.

Tirando essa ressalva, trata-se de um modelo básico da Gama muito bem avaliado e com preço acessível.

Prós

  • Placas com revestimento em cerâmica
  • Emissão de íons
  • Bacteriostática
  • Preço acessível
  • Bivolt

Contras

  • Não tem controle de temperatura
  • A parte externa pode esquentar muito durante o uso

Melhor Preço

3º – Taiff Cerâmica

Taiff Cerâmica

A Taiff Cerâmica é ideal para quem tem cabelos muito finos, com pouco volume e delicados.

É um modelo básico da Taiff, que cuja temperatura máxima chega apenas a 180 º C, daí a indicação para cabelos que não suportam muito calor.

Tem placas revestidas em cerâmica, que deslizam muito bem sobre os cabelos e distribuem o calor de maneira uniforme.

Como esse modelo não oferece nenhuma tecnologia de tratamento, é aconselhável utilizar produtos capilares específicos para proteção térmica e redução de frizz.

O cabo tem 1,80 m, um tamanho razoável para garantir mobilidade durante o uso. Essa prancha é bivolt.

O preço é um grande atrativo para essa chapinha, que conta com ótimas avaliações dos consumidores e é considerada um modelo clássico da Taiff.

Mas temos que ressaltar que ela não funciona para quem tem um cabelo volumoso e difícil de alisar; nesse caso, é preciso buscar modelos que ofereçam temperaturas mais altas.

E para pessoas que usam a chapinha diariamente, é melhor optar por um modelo que ofereça alguma tecnologia de tratamento.

Prós

  • Placas com revestimento em cerâmica
  • Excelente custo-benefício
  • Bivolt
  • Temperatura máxima de 180º

Contras

  • Não tem tecnologia de tratamento

Melhor Preço

4º – Taiff Super Mini

Taiff Super Mini

A Taiff Super Mini é a melhor opção de prancha portátil, leve e compacta, perfeita para levar na bolsa e retocar o penteado sempre que necessário.

Também é excelente para viagens, com a vantagem de ser bivolt. Tem apenas 17 cm de comprimento e pesa menos de 200 gramas. Ainda vem com um estojo térmico.

Embora se trate de um modelo compacto, o cabo não é tão curto e oferece boa mobilidade: mede 1, 80 m.

Suas placas revestidas de cerâmica são bem finas, por isso ela é especialmente indicada para retoques de raiz, alisamento de franjas curtas e para domar aqueles fios rebeldes que nascem no alto da testa.

Atinge até 200º C e o tempo de aquecimento é de aproximadamente 90 segundos.

Dependendo do tipo de cabelo, funciona bem para modelar cachos.

É um modelo bem básico: não tem controle de temperatura nem oferece tecnologias de tratamento.

Para alisamento propriamente dito, só serve para quem tem o cabelo bem curto ou muito ralo, caso contrário, demorará horas para obter o efeito desejado.

Um ponto fraco do modelo é o preço: tratando-se de uma chapa tão básica, podemos dizer que o custo é relativamente alto, quando a comparamos a outras do mesmo padrão.

Porém, para quem precisa de uma chapinha para detalhes ou não abre mão de poder retocar o cabelo em qualquer hora ou local, incluindo viagens, é uma escolha sensacional.

Prós

  • Compacta
  • Leve
  • Bivolt

Contras

  • Não tem controle de temperatura
  • Sem tecnologia de tratamento
  • Preço relativamente alto

Melhor Preço

5º – Taiff Vulcan

Taiff Vulcan

A Taiff Vulcan faz jus ao nome: é a chapinha que atinge a maior temperatura do mercado. É indicada para uso profissional, mas pode ser usada em casa, especialmente por quem faz escova progressiva no próprio cabelo.

Oferece duas temperaturas: 200 e 250° C, que são selecionadas por botões. Tem ainda um visor digital que indica a temperatura da prancha.

As placas são revestidas de cerâmica, que proporciona um ótimo deslizamento e distribui o calor por igual nas placas.

Possui o “sistema de flutuação orbital”: as placas têm uma certa mobilidade, como se houvesse uma mola embaixo delas, o que permite movimentos mais precisos.

Ainda sobre as placas, pode-se dizer que elas têm uma boa largura, o que facilita o alisamento de cabelos muito volumosos.

Conta ainda com emissão de íons negativos.

O cabo tem 3 metros de comprimento e é giratório, logo, a distância da tomada não será problema na hora de utilizar essa chapinha bivolt.

Tem um preço relativamente alto, mas para quem precisa de uma prancha potente, vale o investimento.

Sobre os pontos fracos do modelo

Encontramos reclamações de consumidores sobre o superaquecimento da parte externa durante o uso.

Também podemos apontar o fato dela só oferecer duas temperaturas, altas. Mesmo quem tem um cabelo resistente e com fios grossos pode precisar de temperaturas mais baixas em certos momentos.

Por isso, é aconselhável avaliar bem se a compra for para uso doméstico.

Porém, se a ideia for, “quanto mais quente melhor”, sem dúvida é uma ótima escolha.

Prós

  • Atinge até 250º C
  • 2 opções de temperatura
  • Bivolt
  • Uso profissional e doméstico
  • Emissão de íons

Contras

  • Não oferece temperaturas abaixo de 200º C
  • A parte externa fica muito quente durante o uso

Melhor Preço

Conclusão: qual a melhor chapinha?

A Babyliss Nano Titanium By Roger foi eleita a melhor chapinha para uso profissional e doméstico, por oferecer várias temperaturas, excelente deslizamento sobre o cabelo e emissão de íons negativos, além da alta durabilidade das placas de titânio.

Para quem busca uma prancha básica, porém de boa qualidade e com preço acessível, a Gama Italy Eleganza Infinity One é uma excelente opção.

A Taiff Cerâmica é um modelo clássico, ideal para cabelos finos e frágeis, com excelente custo-benefício.

Já quem procura a melhor chapinha portátil do mercado pode apostar sem medo na Taiff Super Mini.

E a opção mais quente de nosso ranking, literalmente falando, é a Taiff Vulcan, que atinge até 250º C.

Esperamos ter ajudado a encontrar a melhor chapinha para suas necessidades. Se ficou alguma dúvida, é só deixar nos comentários que responderemos o mais breve possível.

Até a próxima e boas compras!

Ficou alguma dúvida? Quer uma indicação? Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.