Pular para Conteúdo
Guia dos Melhores

Os 6 Melhores Aparelhos de Ar-Condicionado Split de 2024

30/12/2023 Eduardo Scherer Eduardo Scherer

Objeto de desejo da maioria das famílias, um bom ar condicionado pode fazer diferença na qualidade de vida das pessoas, mas qual o melhor ar-condicionado split?

Para ajudar você a escolher listamos os melhores modelos de ar condicionado split do mercado.

Qual o melhor ar condicionado?

Daikin EcoSwing
Durável e econômico

A empresa garante 2 anos no produto total e agora 10 anos para o compressor. Então os condicionadores de ar da Daikin são exemplo de produtos longevos e de maior qualidade.

A tecnologia é japonesa, mas a fabricação é brasileira. No momento são 2 modelos o EcoSwing Smart R-32 e o EcoSwing Smart Gold R-32 (dentre essas opções você tem os de 9000 btus, 12000btus, quente e frio, somente frio,…).

Esses novos modelos são 32% mais econômicos que os condicionadores de ar da marca que indicávamos anteriormente. Então é ainda mais economia!

Os novos modelos utilizam o gás refrigerante R-32 que permite maior eficiência energética, além de ter ainda menos impacto no aquecimento global.

Os compressores evoluíram e agora são ainda mais eficientes e duráveis, por isso a garantia subiu de 8 para 10 anos nos compressores.

O trocador de calor é feito em tubos de cobre, então é muito durável, mesmo para quem vai instalar o ar-condicionado no litoral.

Esse também é um dos poucos aparelhos que permite desligar a luz de atividade do aparelho, ideal para quem quer dormir do escuro completo.

E o controle tem uma sutil luz atrás dos botões (backlight), o que facilita para achar o controle no escuro.

Essas duas últimas características nem mesmo os renomados Fujitsu possuem.

E os modelos EcoSwing da Daikin possuem conectividade Wifi, o que traz ainda mais comodidade para o uso diário.

E o consumo?

Quanto a economia de luz o modelo: 713 Wh para a versão de 9.000 btus e 951 Wh para a 12000 btus em resfriamento.

Tudo isso permite que ele seja um ar-condicionado Classe A, mesmo na nova classificação do INMETRO que é mais rigorosa.

Em relação aos ruídos ele emite entre 19db na unidade interna. O que é muito silencioso, equivalente aos outros modelos

Esse silêncio, quase absoluto, dá uma boa sensação como se a máquina funcionasse redonda e de forma eficiente.

Prós
  • Gás R32: eficiente e ecológico
  • Econômico
  • Durável
  • Conectividade WiFi e Alexa
Contras
  • Razoavelmente Caro
LG Dual Inverter Voice
Top custo-benefício

Os ares-condicionados da LG apresentam boa qualidade de construção e beleza. Mais especificamente as versões que integram a linha Dual Inverter possuem qualidade e tecnologia superior.

Tenho experiência com aparelhos da marca, tive um modelo mais antigo por cerca de cinco anos que nunca me causou problema algum.

Se trata de um ar-condicionado bastante silencioso e com boa potência de resfriamento ou aquecimento. Além disso a função Jet Dry que serve para desumidificar o ar também funciona muito bem.

Assim como no modelo anterior o controle remoto não possui nenhum tipo de iluminação. Isso atrapalha um pouco já que é quase impossível utilizá-lo à noite sem precisar levantar da cama e acender a luz.

É comum a necessidade de reduzir a potência do aparelho no meio da noite já que a temperatura natural do ambiente cai bastante também.

A marca informa que o nível de ruído do aparelho varia de 19 até 39 Db. Mesmo do modelo anterior, condiz com o que percebíamos na prática.

Em termos de consumo também temos métricas médias, são 815Wh na versão de 9000 BTUs e 1100 Wh na de 12000.

Não é tão econômico quanto os Daikin e Fujitsu pois ele ainda não usa o gás refrigerante R410A.

Ainda assim se trata de um ar-condicionado inverter, mas econômico do que aqueles que não possuem tal tecnologia.

Já possui conexão WiFi e aceita comandos de voz através da Alexa.

Sua serpentina é de cobre então permite grande durabilidade mesmo em regiões litorâneas.

Esse também é um dos poucos condicionadores de ar que já vem na opção 110V ou 127V.

Para garantia a marca trouxe um atrativo a mais no lançamento do Dual Inverter. Agora são 10 anos de garantia para o compressor.

Geralmente custa um pouco menos que os modelos da Daikin e muito menos que os da Fujitsu.

Então é o principal ar-condicionado custo-benefício do mercado brasileiro atualmente.

Prós
  • Conectividade WiFi e Alexa
  • Silencioso
  • Um dos Poucos com opção 110V
Contras
  • Um Pouco Caro
Midea Xtreme Save Connect
Custo-benefício econômico

A Midea é uma empresa que presa pela qualidade de seus produtos, então não é raro que seus produtos estejam entre os que indicamos.

Com este ar-condicionado não foi diferente, ele é muito econômico: é classe A na metodologia 4 de testes do INMETRO.

Ele é inverter, e já utiliza gás R-32 que é mais eficiente e ecológico.

Ele também apresenta conectividade WiFi, e é compatível com Google Home e Alexa.

Além disso possui um prático aplicativo para controlar o aparelho e monitorar o consumo de energia se você desejar.

Tudo isso e seu preço é normalmente inferior que os concorrentes que já utilizam o gás R-32.

Então ele é o mais equilibrado em custo-benefício obtendo o máximo de economia de energia com o menor preço possível entre os que usam o mesmo gás.

Prós
  • Bom Preço
  • Gás R-32
  • Conectividade WiFi e Alexa
  • Silencioso
Contras
  • Relatos de eventuais erros de software
Fujitsu Airstage
Muito bom, mas muito caro

Os condicionares de ar da japonesa Fujitsu primam pela excelência de construção e durabilidade. Fazendo uma analogia aos automóveis, a Fujitsu é a Mercedes Benz do mundo do ar-condicionado.

Você pode até ter mais funcionalidades e tecnologia em modelos de outras marcas, mas qualidade excepcional de construção você encontra na Fujitsu.

O modelo Fujitsu AirStage tem consumo de 940Wh para 12000 btus e 690 para o ar de 9000 btus. Ainda menos que o Daikin que indicamos, então este ar-condicionado fica dentro da Classe A do INMETRO.

O ruído emitido pela unidade interna (Evaporadora) fica entre em 21 e 43 DB para ambos os modelos. O que é muito silencioso, apesar de ser um pouco mais que o Daikin (19db)

Ele é muito durável e com serpentina de cobre! Um ar-condicionado que se instalado corretamente não dará problemas por muito tempo.

O problema desse ar é um só: o preço! Ele custa muito mais que Daikin, LG e Midea, que também são marcas de prestígio.

Prós
  • Muito econômico
  • Gás R32
  • Muito Durável
Contras
  • Muito Caro
  • Sem Conectividade WiFi
TCL Series A2
Ar-Condicionado Inverter Barato

Dentre todos os aparelhos de ar-condicionado inverter este TCL é atualmente um dos mais baratos.

São poucas as opções de ar-condicionado que utilizam a tecnologia inverter e que são vendidos por menos de R$2000. Esse TCL é um deles!

Para ser mais barato ele ainda utiliza o líquido refrigerante R410A, que não é tão eficiente.

Ainda assim ele consegue ser muito econômico e silencioso devido a tecnologia inverter.

Se você quer pagar o mínimo possível, mas quer um pouco mais de conforto e economia que um ar condicionado split tradicional, este é a melhor opção!

Prós
  • Barato para um Inverter
  • Econômico
  • Silencioso
Contras
  • Gás R410A
Philco PAS9500FA1
Melhor ar-condicionado barato

Esse é um bom ar-condicionado de baixo custo, portanto não é inverter, e por esse motivo possui consumo superior as alternativas com aquela tecnologia.

Classificação A do Inmetro (na metodologia anterior), mesmo sem ser inverter.

Não conseguimos encontrar nenhuma informação sobre nível de ruído sobre esse produto, possivelmente emite ruído consideravelmente superior as alternativas com compressor inverter.

Contudo a marca Philco normalmente está entre os de melhor qualidade de construção na maioria dos produtos que produzem

E todos os relatos de proprietários que encontramos levam a crer que esse ar é uma boa alternativa se você tiver orçamento reduzido.

Então se quiser um dos aparelhos de ar-condicionado barato e que refrigere bem, esta é a alternativa.

Prós
  • Barato
Contras
  • Ruidoso

110 comentários

Esse conteúdo é atualizado com frequência e alguns comentários podem se referir à alguma versão antiga do texto.
  1. Boa noite! Até hoje não houve aprovação da Assembleia do condomínio para mudança das caixas protetoras do ar condicionado, incompatíveis com as medidas das condensadoras dos atuais Split . Há uns dez anos +|- encontrei uma solução perfeita. A Midea, antes de incorporar a Springer/Carrie, oferecia o Split Windows, cuja condensadora é do tamanho de um ar condicionado de janela. Muito silencioso e nunca deu q tipo de problema. Infelizmente, a Midea não fabrica mais. Interessante registrar que nem os arquitetos que me ajudaram e em nenhuma revista on ou off-line desconheciam essa solução

    1. Obrigado pelo relato Sandra!

  2. Estou em dúvida entre um LG dual inverter voice e um daikin ecoswing r32, ambos apenas frio e de 9000 BTUs. Sei q as duas máquinas são boas, mas tenho dúvidas em relação a qual terá o melhor benefício a longo prazo, fazendo um uso leve/moderado. O daikin tem um custo de aquisição cerca de 450 reais mais caro, e de forma geral tem um custo de instalação maior e, em contrapartida, tem um gasto de energia mensal menor (302 kWh/ano x 363 kWh/ano). Mas será que isso supera o fato do LG ser mais barato e ter 10 anos (contra 5) de garantia ?

    1. Olá Antonio,

      Na minha opinião supera sim, apesar da garantia menor, o Daikin é um equipamento de construção mais robusta e consome menos energia elétrica. É um ar condicionado melhor no geral!

      No seu lugar, havendo a possibilidade, eu investiria a diferença na compra do Daikin.

  3. EDUARDO SCHERER, bom dia.

    Eu li e gostei muito do seu post. Parabéns.
    Fiquei com uma dúvida em relação à economia e à tecnologia inverter. Por exemplo, estava observando que o consumo do LG Dual Inverter consome 815Wh na versão de 9000 BTUs. Pois bem, tanto do modelo da samsung, como o da Electrolux, os dois não inverter da lista, consomem 812 Wh e 815 Wh respectivamente. É isso mesmo? Neste caso, qual a vantagem do inverter em termos de consumo e economia?

    1. Telmo,
      os dados estão certos, mas levam em consideração a tabela do INMETRO anterior. Naquela tabela ambos os tipos de ar condicionado eram testados iguais. Ela mudou em 2020 e parece que teve uma nova atualização em 2021. Então talvez tenha sofrido uma alteração que ainda não conseguimos atualizar no site.

      A questão é que nos ar-condicionados com tecnologia inverter o aparelho consegue regular o fluxo de energia, consumindo somente o necessário, o que não acontece nos condicionadores de ar convencionais.

      Imagino que o valor que era publicado anteriormente levava em consideração ao seu consumo no máximo, sem a regulagem do fluxo pela tecnologia inverter, por isso os números eram praticamente iguais. E pelo mesmo motivo o INMETRO teve que atualizar sua tabela.

  4. Pergunto: é quanto aos aparelhos portáteis, ex: pinguinho. Funcionam bem?

    1. Hiran,
      não é a mesma coisa que um ar condicionado split, mas eles até que ajudam. Veja aqui nossa lista de melhores condicionadores de ar portáteis.

      Espero ter ajudado!

  5. Tenho um ar condicionado Fujitsu 9000 adquirido, pasmem, há mais de 20 anos, nunca deu problema e até hoje funciona perfeitamente, só tive que pinta-lo porque amarelou com o tempo. Por isso Fujitsu é caro, mas vale a pena.

  6. Olá, tenho um daikin há 04 anos, e antes tive um Samsumg, o Samsumg foi a maior decepção, meu primeiro ar, não durou 1 ano, parou de gelar, já o Daikin excelente, gela, não faz barulho, e o melhor, muito econômico, melhor e talvez mais barato que ficar com ventilador ligado, no meio desse período de 04, me mudei de estado, e o ar ficou parado por um ano, já havia usado por 02, e quando precisa instalar novamente, estava funcionando do mesmo jeito, gelando, silencioso e econômico, impressionante, irei voltar a comprar mais um pra sala, nunca deu manutenção

  7. Porque não tem 127v ?

    1. Sonia,
      existem modelos de ar split que funcionam em 127v.

      A não ser que você fale de um modelo específico. As vezes é só indisponibilidade temporária do modelo que você procura.

      Espero ter ajudado!

  8. SÓ RATIFICANDO TUAS OBSERVAÇÕES tenho um Fujitsu 18000 há uns 10 anos e é uma máquina impressionante: robusra silenciosa e eficiente. Minha sala sao 32 m2, sol em parte da tarde, qdo ele d=fica no limite crítico, mas dá conta. De vez em quando, com o tempo de uso, começou a expelir umas cinzas, principalmente na função aquecimento. Técnico mostrou que eram uns arames que serviam de guia pra movimentação lateral das aletas enferrujando, e simplesmente os retirou, não fizeram falta.

    Tenho porém uma pergunta: talvez precise mandar instalar 18 aparelhos num grupo de pequenos ambientes. Minha maior preocupação e prioridade será a manutenção: baixa, raros defeitos, e peças baratas e amplamente disponíveis.

    Hoje tenho um central dutado e, nesse tipo, os técnicos são unânimes em só recomendar Carrier pra facilidade de encontrar peças

    1. Ibraim,
      obrigado pelo relato!

      Na minha opinião quanto melhor a qualidade do produto menor seu custo com manutenção pois ele estragará menos.

      Eu morava a uma cidade próxima a uma fábrica da Springer/Carrier no RS, e existia uma boa reputação no que diz respeito ao cuidado na produção. Desde 2011 a Carrier faz parte do mesmo grupo da Midea. Acredito que para centrais de ar condicionado a Carrier seja referência, mas nunca tive contato com equipamentos comerciais.

      Não acho que nos ar condicionado split a Carrier/Midea/Springer tenham o mesmo comportamento. É interesse das assistências ter as peças disponíveis conforme precisam ser trocadas, se houver mais de uma assistência técnica da marca em sua cidade já considero que você tenha uma boa garantia quanto a disponibilidade de peças.

      Se estivesse com a mesma necessidade que você acabaria optando ou pelos Daikin (menor custo de aquisição) ou pelos Fujitsu (devido a expectativa de menor manutenção no futuro).

      Espero ter ajudado!

Quer uma recomendação personalizada? Peça em um comentário

Seu email não será publicado.