Melhores Celulares e Smartphones

Confira essa lista dos melhores celulares de 2017. Lembrando que esse post é direcionado aos modelos top de linha das melhores marcas de smartphones do mercado brasileiro.

Aqui no Guia dos Melhores você encontra também uma lista atualizada dos melhores celulares custo-benefício disponíveis no mercado brasileiro.

É importante ressaltar também que essa lista avaliou apenas aparelhos já lançados e disponíveis oficialmente no Brasil. Por isso marcas como HTC, Oneplus e Xiaomi ficaram de fora da análise.

Como escolhemos os melhores celulares?

Nossa análise é baseada em opiniões de usuários reais e de especialistas da área, além é claro das impressões gerais dos membros da nossa equipe de editores.

Nós buscamos detalhes sobre o produto em diversos tipos de fontes com o objetivo de fornecer informações cruciais para sua decisão de compra.

Levamos em consideração quesitos como design, pegada, hardware, sistema operacional, câmeras, tela, bateria, durabilidade, entre outros.

Veja abaixo a lista com nosso ranking, para ver os detalhes de cada produto basta clicar no seu respectivo nome.

1º - O melhor celular
2º - Melhor iOS
3º - Tela sem bordas curvas
4º - Melhor bateria
5º - Modular
6º - Celular com tela 4K
7º - Melhor custo-benefício

Vamos agora aos detalhes de cada um dos melhores celulares!

1° –

O mais novo top de linha da gigante Samsung é também a nossa escolha como melhor celular de 2017. Além de uma tela simplesmente fantástica o aparelho conta ainda com um hardware de peso.

Ele vem com um processador Quad-core 2.3 GHz, 4 GB de memória RAM, GPU Mali-G71 MP20 e 64 GB de armazenamento, expansível até 256 GB com Micro SD.

Quanto ao desempenho você pode ficar tranquilo, ele roda todo e qualquer aplicativo disponível sem absolutamente nenhum tipo de engasgo.

Um ponto negativo desse aparelho é o leitor de digitais que ficou muito próximo da câmera, mas isso passa despercebido já que o desbloqueio com a iris é simplesmente maravilhoso.

Já o reconhecimento facial se torna inútil por que é lento e inseguro, você certamente vai optar por uma das outras opções de desbloqueio.

O Galaxy S8 vem com a opção de dois chips, mas vale a pena lembrar que você não poderá usar essa funcionalidade juntamente com um Micro SD pois entrada é híbrida.

Ele vem ainda com um ótimo fone de ouvido da AKG  e um dock chamado de Samsung Dex que serve para ligar o celular a um monitor e usá-lo como um computador.

O melhor do Galaxy S8

O grande atrativo desse aparelho é a tela. De longe a melhor que você pode encontrar em um celular.

A Samsung fez um trabalho incrível aumentando o tamanho do visor em relação ao corpo do smartphone.

Isso além de deixar o aparelho mais bonito também deixa ele mais fácil de usar. Para se ter uma ideia a tela dele é maior que a do S7 e o corpo do aparelho é menor.

Além disso a densidade de pixels é 570 ppi que deixa as imagens mais nítidas do que nunca!

Se você pode e pretende investir um bom dinheiro em um celular, certamente o Galaxy S8 é a melhor opção disponível no momento.

Prós

  • Desbloqueio ocular rápido e eficiente
  • 84,26% do corpo é tela
  • À prova d’água (30 min na água doce)
  • 570 ppi de densidade de pixels
  • 4GB de RAM
  • Grava em 4K
  • Memória expansível com Micro SD
  • Fone de ouvido de alta qualidade da AKG
  • Modo PC com Samsung Dex
  • Opção de 2 chips
  • Bluetooth 5.0
  • Ótima câmera
  • Internet 4G

Contras

  • Não é possível utilizar um segundo chip e um Micro SD juntos
  • Leitor de impressões muito próximo da câmera
  • Reconhecimento facial lento e inseguro
  • Câmera sobressalente
  • Jogos e vídeos raramente preenchem toda a tela
  • Preço alto

2° –

A segunda posição do nosso ranking ficou com o iPhone 7 da Apple, a mudança foi pouca em relação ao iPhone 6, mas ainda é um dos melhores celulares do mercado.

Em termos de hardware o aparelho não decepciona, mesmo ficando atrás de vários outros top de linha.

Com um processador Quad Core A10 e 2 GB de RAM você praticamente não terá dificuldades de rodar nenhum tipo de aplicativo.

Isso por que a Apple tem todo o controle do iOS (sistema operacional) e trabalha para que o software e o hardware funcionem perfeitamente juntos.

O armazenamento difere em cada uma das versões disponíveis, de 32 GB, 128 GB e 256 GB. Mas não é possível expandir a memória com Micro SD.

Claro que o preço também varia de acordo com essa especificação além da versão Plus ser ainda mais cara.

A tela é belíssima, tanto na versão normal como na versão Plus, os alto falantes agora são estéreo e foram melhorados.

A câmera apesar de continuar com os mesmos 12 mp recebeu melhorias significativas e as fotos estão ainda mais belas.

A versão Plus vêm com duas câmeras na traseira que servem para tirar fotos mais amplas e mais nítidas.

O que piorou?

Na nossa opinião o maior erro da maçã foi retirar o conector de fones de ouvido no iPhone 7.

Isso significa que para utilizar os fones você precisa de um adaptador, tudo bem que ele vem junto com o aparelho, mas agora ou você carrega o celular, ou você usa os fones.

Prós

  • Memória de 256 GB (Depende da versão)
  • Desbloqueio por leitor biométrico ultra rápido
  • Muito leve
  • Grava em 4K
  • Resistente à água
  • Ótima câmera
  • Som estéreo
  • Internet 4G

Contras

  • Sem conector padrão de fone de ouvido
  • Conector USB próprio
  • Câmera saliente ao corpo
  • Preço alto

3° –

A LG voltou com tudo ao mercado dos top de linha depois de um grande fracasso com o G5.

O aparelho veio com um hardware poderoso e uma construção robusta que traz uma real sensação de produto premium.

Com um processador Quad Core e 4 GB de RAM esse celular é capaz de rodar qualquer app e jogo presente na Google Play sem nenhum problema.

A tela é uma atração à parte, ela ocupa 70% da frente do G6 e tem uma densidade de pixels de 564 ppi, que deixa as imagens muito nítidas.

No geral o Samsung Galaxy S8 é um celular bem melhor que o G6, mas para quem não gosta da tela curva do S8, o G6 é sem sombra de dúvidas uma grande opção.

O G6 vem com duas câmeras traseiras com vários recursos que fazem um bom trabalho em fotos durante o dia.

Fotos Noturnas

Diversos usuários do LG G6 relataram problemas ao fazer fotos com o aparelho durante a noite ou com iluminação artificial.

As imagens podem ficar extremamente granuladas ou com aspectos estranhos depois de tirar fotos nessas condições.

Prós

  • 70% de tela
  • 4 GB de RAM
  • Memória expansível com Micro SD
  • 564 ppi de densidade de pixels
  • Leitor de digitais rápido e preciso
  • Grava em 4K
  • Internet 4G

Contras

  • Tela não é Amoled
  • Problemas com fotos noturnas
  • Jogos e vídeos raramente preenchem toda a tela
  • preço alto

4° –

Esse smartphone tem dois destaques muito interessantes, câmeras excelentes e duração de bateria impressionante.

Com o corpo todo em metal ele tem uma boa pegada e o leitor de digitais eficaz fica na parte traseira, em uma boa posição.

Com um processador Octa Core de 2 GHz e 4 GB de RAM você dificilmente verá qualquer tipo de travamento ao utilizar aplicativos e jogos pesados.

A tela é Amoled de 401 ppi de densidade que resultam em uma boa experiência visual.

Atrás ele conta com duas câmeras de 12 mp que trabalham juntas para gerar imagens de maior qualidade e na frente uma câmera de 13 mp que faz selfies incríveis.

A bateria é um grande diferencial, com 5000 Mah ela é capaz de manter o aparelho vivo depois de dois dias de uso intenso com o brilho no máximo.

Isso é bem impressionante!

Pontos Negativos

Como de praxe nos top de linha dessa geração, o Zenfone 3 Zoom vem com uma bandeja híbrida que obriga você a escolher entre um segundo cartão SIM ou um Micro SD de expansão de memória.

A interface do Android é muito modificada, com várias funções inúteis e até apps desnecessários pré-instalados no telefone.

Prós

  • 4 GB de RAM
  • Ótimas câmeras traseira e frontal
  • Ótima duração de bateria
  • Leitor de digitais rápido e preciso
  • Internet 4G
  • Opção Dual Sim
  • Memória expansível com Micro SD
  • Grava em 4K
  • Bom custo/benefício

Contras

  • Não é possível utilizar um segundo chip e um Micro SD juntos
  • Android muito modificado
  • Câmera sobressalente

5° –

A Motorola (Lenovo) resolveu apostar na tendência dos smartphones modulares e trouxe para o Brasil um celular muito interessante.

Com um design simples e sóbrio ele não chama atenção pela aparência, mas sim pelos Snaps, alguns acessórios que são acoplados na traseira dele para melhorar determinada característica.

Todos os modelos do Moto Z já vêm com o Snap de bateria juntamente na caixa, os outros podem ser comprados separadamente, ou dependendo da versão podem vir juntos também.

O hardware do smartphone é robusto, processador Quad Core de 1,8 GHz, memória RAM de 4 GB e 64 GB de armazenamento.

Não se iguala a alguns concorrentes, mas é o suficiente para rodar qualquer aplicativo ou jogo que você desejar.

A câmera traseira de 13 mp é ok, mas ela melhora consideravelmente utilizando o Snap Hasselblad, que aumenta a capacidade de zoom, o foco e adiciona um flash poderoso.

Notícias Ruins

A Motorola resolveu seguir o iPhone 7 em uma característica desagradável, o Moto Z também não vem com o conector tradicional dos fones de ouvido.

E o mais irônico é que juntamente com o celular vem um fone de ouvido justamente com esse tipo de conexão.

Tudo bem que também vem um adaptador, mas é no mínimo uma decisão estranha.

Além disso o telefone também adotou uma outra mania chata das concorrentes, a bandeja do segundo chip e do Micro SD é compartilhada.

Isso significa que você terá que escolher entre uma segunda linha telefônica ou o cartão de expansão de memória.

Prós

  • Resistente à água
  • Modular com os Moto Snaps
  • Opção Dual Sim
  • 4 GB de RAM
  • Memória expansível com Micro SD
  • Leitor de digitais rápido e preciso
  • Android muito próximo do “puro”
  • Grava em 4K
  • Internet 4G

Contras

  • Não é possível utilizar um segundo chip e um Micro SD juntos
  • Som de baixa qualidade
  • Não tem entrada padrão para fones de ouvido

6° –

Apesar do Xperia XZ ter um design bem ultrapassado ele também é sóbrio, quase neutro, apesar das opções de cores metalizadas. Então se você não liga muito para a aparência do celular, isso não será um problema.

Ele é muito potente, tem um processador Octa Core e 4 GB de RAM o que possibilita a ele rodar qualquer aplicativo ou jogo de hoje em dia sem nenhum travamento.

A câmera traseira dele é satisfatória e a frontal chega a ser surpreendente, se você gosta de fazer selfies, ele é uma ótima opção.

O leitor biométrico é rápido, preciso e fica em uma posição bem confortável.

O Xperia XZ Premium é também o primeiro celular a trazer uma tela com resolução 4K e tecnologia HDR que melhora a exibição de cores no display, além disso a tela também tem a maior densidade de pixels do mercado 801 ppi.

Mais uma vez a Sony pecou na sua interface, ela exagerou na modificação do Android adicionando alguns recursos completamente desnecessários.

Não esqueça de levar o carregador!

A grande decepção desse aparelho é a bateria. Com pouco mais de meio dia de uso intenso você terá que recarregá-lo.

Então, quando sair de casa não esqueça de levar o carregador, você provavelmente vai precisar dele.

Prós

  • À prova d’água
  • Memória expansível com Micro SD
  • Leitor biométrico rápido e preciso
  • Dual Sim
  • Câmera traseira de 23 mp
  • Ótima câmera frontal
  • Internet 4G
  • Tela 4K muito nítida

Contras

  • Design ultrapassado
  • Android muito modificado
  • Alto consumo de bateria

7° –

Desde o início da jornada da linha Moto G no Brasil o seu grande diferencial foi o custo/benefício, e aqui não é diferentes, mas desta vez com uma configuração digna de top de linha.

O smartphone conta com uma tela grande, 5.2 polegadas424 ppi de densidade de pixels, o que garante uma ótima definição mesmo não sendo Amoled.

Além disso ele tem um processador Octa Core de 2 GHz e 2 GB de RAM que certamente serão o suficiente para rodar todos os aplicativos e jogos da Google Play.

Outra boa notícia é que no Moto G5 Plus você pode utilizar um segundo cartão SIM e um Micro SD ao mesmo tempo.

Algo que não vemos em nenhum dos top de linha.

Ele também vem com uma outra função que não vemos nos melhores celulares top de linha, a TV Digital.

A câmera traseira faz boas fotos, e a traseira é aceitável para usos comuns, mas selfies noturnas não são indicadas nesse aparelho.

Já o consumo de bateria é dentro da média, nada de muito bom, mas nada de muito ruim também.

Prós

  • Melhor custo/benefício
  • Leitor de digitais rápido e preciso
  • Internet 4G
  • TV Digital
  • Grava em 4K

Contras

  • Câmera sobressalente
  • Tela não é Amoled

Qual é o melhor celular de 2017?

Bom, isso vai depender muito da sua necessidade e de como você costuma utilizar esse produto no seu dia-a-dia.

Pra quem procura a mais alta performance e qualidade extrema em praticamente todas as tarefas, o aparelho indicado é com certeza o Samsung Galaxy S8, mas o preço dele é bem alto principalmente por se tratar de um lançamento recente.

Para os amantes do sistema iOS, o iPhone 7 é a melhor opção em termos de qualidade e confiabilidade, mas também tem um custo alto, principalmente por se tratar de um produto da Apple.

O LG G6 é um ótimo produto para quem se opõe à tela curva do S8 e procura um top de linha de alta performance.

Se você busca por muita duração de bateria e fotografias de qualidade, certamente o Zenfone 3 Zoom é a opção mais indicada já que se destaca fortemente nestes quesitos.

O Moto Z Power traz a inovação dos Snaps que possibilitam adequar o produto para o que você mais precisa, mas na maioria dos casos esses acessórios são comprados separadamente.

Se você busca um produto com o design mais sóbrio e à prova d’água, o Sony Xperia XZ certamente vai se encaixar na sua necessidade.

E por fim, para quem tem um orçamento mais limitado mas mesmo assim quer um produto de altíssima qualidade, o Moto G5 Plus é disparado a melhor opção!

4 comentários

  1. O bom do Moto Z Power vir com o fone comum e o adaptador é que você pode usar o adaptador para espetar o seu fone preferido. Se viesse só com o fone diferenciado, você precisaria correr atrás dum adaptador para usar um convencional comprado por fora. Achei uma decisão sábia da empresa.

    1. Por esse lado é bom, mas na verdade nós consideramos a melhor decisão manter a entrada comum dos fones que é usada como padrão a muitos anos. Assim você poderia usar seu fone favorito sem precisar levar junto o adaptador que é bem fácil de perder.

O que achou do artigo? Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.